como tomar decisões

Como tomar decisões: exercite a sua liberdade e responsabilidade

Neste artigo vamos falar sobre como tomar decisões, portanto, se você se interessa pelo assunto, leia o texto abaixo com bastante atenção.

Todos nós precisamos tomar decisões, visto que sempre nos deparamos com situações que exigem posicionamentos e escolhas.

O fato de precisarmos escolher alguma coisa em detrimento de outra é, muitas vezes, deveras angustiante.

Contudo, precisamos estar sempre preparados para esses momentos cruciais, já que não podemos escapar da responsabilidade de construirmos o nosso próprio caminho.

Não é incomum tentarmos escapar da responsabilidade de realizarmos escolhas e de tomarmos decisões importantes.

No entanto, mesmo quando conseguimos jogar a responsabilidade em outra pessoa, estamos mesmo assim tomando uma decisão, estamos mesmo assim realizando uma escolha, e isso afetará o nosso futuro de alguma maneira.

Dessa forma, mesmo quando escolhemos passar a responsabilidade adiante, estamos mesmo assim construindo o nosso próprio caminho, porém, abrindo mão de dar um sentido e uma direção positiva à nossa própria caminhada.

Isso futuramente pode nos trazer algumas consequências um tanto quanto desagradáveis, já que não estamos dando atenção à qualidade e solidez do nosso próprio caminho.

Assim, abrir mão da responsabilidade e das decisões importantes é o mesmo que fechar os olhos e seguir à deriva, sendo embalado pelas decisões, mandos e desmandos de terceiros e das circunstâncias da vida.

Liberdade, decisões e responsabilidades

Se você quer ser livre, se deseja construir o seu próprio futuro, se deseja realmente alcançar os seus objetivos, então você precisa assumir a responsabilidade e tomar decisões.

Isso parece algo óbvio, e realmente é, entretanto, quando estamos diante de situações tensas que exigem a tomada de decisões importantes, muitas vezes ficamos com medo e recuamos.

Quando algo desagradável acontece por causa de uma escolha que realizamos, muitas vezes temos receio de assumir a responsabilidade, então pode acontecer de querermos jogar a culpa em alguém.

Essas atitudes podem prejudicar o nosso desenvolvimento pessoal, pois perdemos a chance de aprender com os nossos próprios erros.

Entretanto, sempre é tempo de mudanças.

Sempre é tempo de assumirmos o nosso desejo de liberdade.

Sempre é tempo de assumirmos as nossas responsabilidades e tomarmos as decisões indispensáveis ao nosso crescimento.

Como tomar decisões de forma mais tranquila e equilibrada

saiba como tomar decisões

Apesar de todas as dificuldades que o ato de tomar decisões nos traz, felizmente é possível exercitar as nossas habilidades para tomar as decisões que a vida exige.

Quando estamos diante de dois caminhos completamente diferentes, é natural sentirmos dúvidas e receios.

Isso de forma alguma é um problema.

O verdadeiro problema é quando deixamos as dúvidas, os receios e os medos nos paralisarem.

Você tem o direito de sentir insegurança perante decisões difíceis, mas não deve deixar a insegurança tomar conta de você.

Assuma o controle, exercite sua autoconfiança e tome as decisões que precisam ser tomadas.

Assuma a responsabilidade e caminhe com mais segurança rumo àquilo que você deseja.

Algumas atitudes nos ajudam a tomar decisões de forma mais tranquila, estratégica e eficaz.

Abaixo apresentamos 3 sugestões para ajudar você a desenvolver as suas habilidades para tomar decisões.

Portanto, se você deseja saber como tomar decisões difíceis, leia as sugestões com bastante atenção.

1 – Tome consciência de que qualquer decisão envolve ganhos e perdas

Sempre que tomamos uma decisão, perdemos algumas coisas e ganhamos outras.

Não é possível escolher sem perder.

O que precisamos aprender é fazer escolhas alinhadas com os nossos objetivos e sonhos, assim, seremos capazes de compreender que as nossas decisões e escolhas trarão algumas perdas, mas que os ganhos poderão ser recompensadores.

2 – Tome as suas decisões de acordo com aquilo que você deseja para a sua vida

Aprenda a defender os seus objetivos e sonhos.

Tomar decisões baseadas em desejos e crenças de terceiros não é uma boa estratégia, pois a longo prazo isso pode afetar a sua motivação.

Cada pessoa é responsável por alcançar aquilo que deseja, portanto, você não precisa viver os sonhos dos outros.

Viva os seus próprios sonhos, caminhe rumo aos seus próprios objetivos.

Isso não quer dizer que você não pode ajudar as outras pessoas, contudo, ajudá-las não é fazer aquilo que elas mesmas deveriam fazer.

Se você deseja ajudar as outras pessoas, ajude-as a compreender que é muito importante aprender a tomar as próprias decisões e assumir as responsabilidades inerentes às próprias escolhas.

3 – Entenda que sempre existem riscos e que nem sempre você acertará

Quando tomamos decisões, assumimos riscos, e isso pode ser assustador.

Contudo, quando tomamos uma decisão importante com total consciência daquilo que estamos fazendo, precisamos ter em mente que estamos tentando acertar, ou seja, estamos fazendo o melhor possível.

No entanto, não controlamos todas as circunstâncias, assim, não temos garantias de que conseguiremos alcançar os objetivos logo na nossa primeira tentativa de acerto.

Aqui entra a tal da perseverança.

Se tentamos acertar o alvo e erramos, podemos, ao invés de lamentar as perdas, tentar aprender com os erros, buscar mais conhecimento, verificar nossas habilidades e limitações, e então traçar estratégias mais eficazes.

Se desistirmos na primeira tentativa, perderemos o que já foi feito, e ficaremos parados alimentando sentimentos de menos valia e incompetência.

Nem sempre acertaremos, mas quando aprendemos com os nossos erros, ganhamos mais conhecimento, habilidades e capacidades para traçar estratégias mais inteligentes e eficazes, o que aumenta muito as chances de alcançarmos mais rapidamente os nossos objetivos de vida.

E você, como se sente quando precisa tomar decisões importantes?

Sempre podemos aprender uns com os outros.

É importante, e muito útil, compartilhar experiências, feitos e derrotas, porque isso pode ter um grande efeito positivo na nossa motivação.

Muitas vezes acreditamos que somos os únicos que sofrem com limitações, dúvidas e fracassos.

Ao compartilharmos experiências, temos a oportunidade de perceber que outras pessoas também têm dificuldades, e assim como nós, lutam diariamente para encontrar novas maneiras de existir e de realizar aquilo que desejam.

Isso é maravilhoso e muito rico!